Amor, livre de sentimento de posse

Marceil Ruth DeLacy

Da edição de maio de 1984 dO Arauto da Ciência Cristã

Certa vez o amor esteve guardado num cofre,
Jóia que eu escondia,
Precioso objeto meu, de minha posse.
Que assim fosse, era o que eu queria.

Mas, então — um ladrão! O cofre vazio.
E a minha preciosa jóia sumiu.
Eu não havia conseguido o amor eterno enclausurar
Como fracassaria se tentasse o amanhecer apresar.

Aquele dia, de minha vida o mais triste,
Veio a ser o melhor de todos os que existem,
Pois então afastei meu olhar da terra,
De tudo o que de minha posse era.

E encontrei o amor que de Deus procede
E nunca pode ser perdido.
Ele cura as feridas todas, não pode ser vendido
Nem jamais comprado por algo que se mede.

Este amor não pode ser contido,
Nem é somente meu,
Mas com cada um deve ser repartido
Pois é para todos dádiva do céu.

Marceil Ruth DeLacy

Anúncios

Sobre Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS

A Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS, Brasil, foi fundada em 1957. Tendo sido iniciada décadas antes como um Grupo Informal e mais tarde, uma Sociedade de Ciência Cristã. Ela foi fundada por famílias de alemães, dentre as quais: Schmidt, Holderbaum, Trentini, Bopp, Mutzberg, Young, Klein, Hamman, Knor, Bier, Beier, Wendt, Völker, Fhurmeister, Heckrath, etc... Conheça mais sobre a historicidade no Arquivo Histórico Digital da Ciência Cristã no Brasil: http://sites.google.com/site/arquivocienciacrista/
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s