Tudo está sob o controle de Deus

 

Crédito: © Cortesia de Antônio Claret da Mota

Antônio Claret da Mota

Eu estava sob forte impacto das notícias de prejuízos e mortes que o furacão Katrina havia causado na cidade de Nova Orleans, nos Estados Unidos. Por isso, observava atento qualquer sinal de chuva fora de época no local em que resido.

Nesse clima de preocupação, soube, pelos noticiários locais, da ocorrência de fortes chuvas de granizo no sul de Minas Gerais, e do grande prejuízo que causaram para os moradores das cidades atingidas.

Como na época minha residência era em Resende, uma cidade localizada no estado do Rio de Janeiro e próxima ao sul de Minas Gerais, fiquei preocupado com a possibilidade de a chuva atingir o local em que resido.

Por essa razão, passei a observar com atenção as condições do tempo. Certo dia, aproximadamente às 3 horas da tarde, o céu escureceu rapidamente, com indícios de que uma forte tempestade estava a caminho. Pouco tempo depois, começou uma forte chuva de granizo.

O que eu mais receava se tornara realidade. Pensei no estrago que as pedras de granizo provocam: telhas quebradas, ferimentos em pessoas e em animais atingidos pelas pedras.

Ao pensar nisso, imediatamente me volvi a Deus e busquei eliminar do pensamento qualquer temor. Lembrei-me então de que meu carro se encontrava em local descoberto, e que poderia ficar com marcas profundas deixadas pelas pedras de granizo.

Decidi sair na chuva com um colchonete para proteger o veículo. Contudo, as pedras eram grandes e caíam com muita força. Percebi que o colchonete não ajudaria muito porque não era grande o suficiente para cobrir todo o carro e deixaria uma parte exposta.

A chuva foi se intensificando. Além das pedras de granizo, o vento também era forte. Como as pedras começavam a me machucar, decidi largar tudo e retornar para dentro de casa.

Em casa, voltei-me novamente a Deus. Então, veio-me à mente a passagem bíblica em que o Senhor fala com Elias, quando esse teme por sua vida e se esconde em uma caverna. O trecho diz: “Disse-lhe Deus: Sai e põe-te neste monte perante o Senhor. Eis que passava o Senhor; e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do Senhor, porém o Senhor não estava no vento; depois do vento, um terremoto, mas o SENHOR não estava no terremoto; depois do terremoto, um fogo, mas o Senhor não estava no fogo; e, depois do fogo, um cicio tranqüilo e suave” (1 Reis 19: 11-12).

Senti com essa passagem que Deus não está na tempestade, no vento nem em nada que possa prejudicar, mas na paz e na tranquilidade. A natureza divina não foi criada para causar danos.

Afirmei que Deus preserva Sua criação de danos ou doenças. Ele não comete enganos para depois corrigi-los. Tudo está sob o Seu preciso controle. Assim, aquela chuva não poderia ocasionar qualquer dano a mim, aos meus vizinhos nem aos animais da região.

Logo que a chuva terminou, constatamos a proteção divina porque não tivemos nenhum prejuízo. Nenhuma pessoa ou animal ficou ferido; as telhas e janelas não sofreram dano.

É interessante mencionar que bem próximo do carro havia uma caixa de passagem de fios, cuja tampa é de alumínio e ficou cheia de marcas causadas pelas pedras de gelo. Contudo, meu carro, que permanecera ao ar livre, estava intacto. Para mim, foi uma comprovação de que a oração realmente protege e faz coisas que para os olhos parecem impossíveis.

Agradeço a Deus por essa demonstração, pois comprovou que a solução para qualquer problema está em recorrer a Ele em primeiro lugar.

Antônio mora no Rio de Janeiro, RJ.

Acesso em: 17/03/2013
Anúncios

Sobre Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS

A Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS, Brasil, foi fundada em 1957. Tendo sido iniciada décadas antes como um Grupo Informal e mais tarde, uma Sociedade de Ciência Cristã. Ela foi fundada por famílias de alemães, dentre as quais: Schmidt, Holderbaum, Trentini, Bopp, Mutzberg, Young, Klein, Hamman, Knor, Bier, Beier, Wendt, Völker, Fhurmeister, Heckrath, etc... Conheça mais sobre a historicidade no Arquivo Histórico Digital da Ciência Cristã no Brasil: http://sites.google.com/site/arquivocienciacrista/
Galeria | Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s