A harmonia nas coisas.

 Ovidio Trentini – ambientalista.

Cientistas modernos estão cada vez mais convencidos de que há uma influência virtual —isto é, não material — na harmonia das coisas que nos rodeiam. Cito como exemplo a resposta de plantas cercadas de carinho pelas pessoas que as cuidam. São sempre viçosas e parecem irradiar alegria. As cuidadoras que lhes falam amorosamente obtêm flores maravilhosas. Será que a plantas ouvem o que as pessoas dizem? Lógico que não! Elas não têm o sentido da audição. As plantas reagem favoravelmente à atmosfera de amor e harmonia que as circunda.

Um cientista japonês fazia exercícios com a água. Depois de dirigir palavras ao recipiente  da água, ele a congelou e examinou ao microscópio as moléculas cristalizadas da água. Quando as palavras eram amorosas, os cristais apresentaram um ordenamento harmonioso.

Quando as palavras dirigidas eram raivosas, os cristais apresentaram um estado caótico e desordenado. A única diferença original entre os cristais examinados, foi a harmonia ou desarmonia irradiadas pelo cientista. As moléculas de água com toda certeza não ouviram as palavras proferidas pelo cientista, mas houve uma causa diferenciada para o resultado.

Resultado idêntico o cientista obteve submetendo o recipiente de água a diferentes tipos de música. Música bonita e inspiradora gerou cristais harmoniosos. Música pesada (tipo heavy metal) produziu cristais desarmoniosos. O que podemos auferir desses experimentos?

Uma conclusão é que a harmonia que irradiamos mental e emocionalmente aparece no mundo e no universo. Somos como um grão de fermento no universo. Esta condição nos alenta a manter nossa harmonia em sintonia com a harmonia celestial ou divina, para assim abençoar nosso ambiente. Vemos também que cada um tem uma enorme responsabilidade no universo, por ser um gerador de harmonia.

Uma célebre pensadora cristã do Século XIX, Mary Baker Eddy, disse que nós “abençoamos a todos [e a tudo] sobre quem recaem nossos pensamentos de amor”.

.o0o.

(*) Colaboração de Ovídio Trentini – Panambi -RS | Assistente do Comitê de Publicação da Ciência Cristã | Membro Conselho do Meio Ambiente, Arpa-Fiúza, Rotary, Comitê Rio Ijuí | Membro fundador da Primeira Igreja de Cristo, Cientista, Porto Alegre-RS | Membro de A Igreja Mãe, Boston, MA, EUA |  E-mail: o.e.trentini@express.com.br
Anúncios

Sobre Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS

A Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS, Brasil, foi fundada em 1957. Tendo sido iniciada décadas antes como um Grupo Informal e mais tarde, uma Sociedade de Ciência Cristã. Ela foi fundada por famílias de alemães, dentre as quais: Schmidt, Holderbaum, Trentini, Bopp, Mutzberg, Young, Klein, Hamman, Knor, Bier, Beier, Wendt, Völker, Fhurmeister, Heckrath, etc... Conheça mais sobre a historicidade no Arquivo Histórico Digital da Ciência Cristã no Brasil: http://sites.google.com/site/arquivocienciacrista/
Esta entrada foi publicada em ESPIRITUALIDADE E AMBIENTALISMO com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s