A lição da Bíblia para uma nova economia!

De Louis E. Benjamin do jornal internacional: The Christian Science Monitor |da coluna “Perspectiva da Ciência Cristã” | Jornal centenário fundado por Mary Baker Eddy – CSMonitor.com

As condições nos Estados Unidos, da zona do euro e de outras partes do mundo podem ser tão diferentes que parece impossível reconciliar cada componente para chegar ao equilíbrio e à ordem. A economia de um país, um estado, uma família ou mesmo um indivíduo, pode estar sujeita à limitação, escassez e dependência sobre as quais parecemos não ter controle. A teoria de suprimento e demanda parece governar.

A Bíblia nos traz muitos exemplos de uma diferente visão econômica – que inclui sucesso e prosperidade. Ela aponta para a possibilidade de superar as limitações físicas e desequilíbrios econômicos através da aplicação das leis de fundamento divino.

Moisés conseguiu suprir uma multidão com comida e água abundantes no meio de um deserto (ver Êxodo, capítulos 16-17).

De acordo com a Ciência Cristã, o tema comum destas histórias bíblicas sobre a habilidade de Deus de transcender as limitações materiais é um claro entendimento de que o Espírito, não a matéria, é que governa. Com muita frequência aceitamos o oposto e acreditamos que a condição discordante está no comando.

Para mim, isso indica que estas pessoas não eram escravas de um sistema, mas mestres da situação, através do poder da providência divina. Seus conceitos do Divino não devem possuir variáveis, carência, indecisão ou confusão. Suas ações refletem um entendimento de Deus como bem onipotente. Segue a premissa de que Sua infinidade eliminaria qualquer coisa que não expressasse a abundância e a ordem. A carta de Paulo aos Filipenses declara a promessa do cuidado contínuo de Deus desta forma: “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.” (4:19) Esta é uma promessa eterna para todos nós.

O suprimento de nossas necessidades não está limitado à satisfação das exigências materiais como alimento, roupas e emprego, mas envolve também a inteligência, sabedoria e o entendimento de tomar as decisões corretas e elaborar planos eficazes.

A Ciência Cristã ensina que a Verdade, um sinônimo para Deus, regula o sistema humano através de fatos espirituais, que incluem estabilidade, segurança, capacidade, bom governo. A Mente, outro sinônimo para Deus, é a fonte de inteligência e, portanto, exerce seu poder ajustando a condição humana para adequar-se à divina. Através da oração, tanto a Verdade quanto a Mente, podem ser vistas como eficazes e operantes na economia mundial e na satisfação de nossas necessidades individuais.

Mary Baker Eddy, que descobriu a Ciência Cristã e que comprovou estas leis divinas em sua própria vida, descreveu este efeito. Ela escreveu “Em obediência à natureza divina, a individualidade do homem reflete a lei divina e a ordem do ser.” (EDDY, Escritos Miscelâneos 1883-1896, p. 104).

A oração traz a realização da harmonia – o estado natural de cada um de nós – em nossas atividades. Deus está continuamente expandindo para nossa consciência Seu amor invariável que supre toda a necessidade.

Para ler no original em inglês: http://christianscience.com/articles-monitor/2011/09/07/the-bibles-lesson-for-the-new-economy/    | Seleção e tradução profissional: Leila Kommers – Porto Alegre -RS
Anúncios

Sobre Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS

A Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS, Brasil, foi fundada em 1957. Tendo sido iniciada décadas antes como um Grupo Informal e mais tarde, uma Sociedade de Ciência Cristã. Ela foi fundada por famílias de alemães, dentre as quais: Schmidt, Holderbaum, Trentini, Bopp, Mutzberg, Young, Klein, Hamman, Knor, Bier, Beier, Wendt, Völker, Fhurmeister, Heckrath, etc... Conheça mais sobre a historicidade no Arquivo Histórico Digital da Ciência Cristã no Brasil: http://sites.google.com/site/arquivocienciacrista/
Galeria | Esta entrada foi publicada em Perspectiva da Ciência Cristã com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s