As pombas – uma bela lição de espiritualidade!

Artigo colaborativo de Ovídio  Trentini

 Eu observava num fim de tarde a bela paisagem de Panambi iluminada pelo sol poente, enquanto a oeste grossas nuvens montavam um cenário cinzento em forte contraste às casas e arvoredo banhados pelo sol.

Em meio à cena via-se pombinhas voando em todas as direções, decididas e rápidas, com rumo definido. Voltavam aos ninhos ou dormitórios após dia de colheita nas lavouras de soja da redondeza. Por que elas não voam na mesma direção, se estão indo para o descanso noturno? A resposta lógica me veio rapidamente: elas escolheram locais diferentes para seu abrigo. Não vi nenhuma reclamando de suas parceiras por não irem na mesma direção, ou argumentando que seu abrigo era bem melhor, mais alto, mas protegido do vento.

A revoada era harmoniosa e alegre. Cada pomba sabia individualmente para onde ia, tinha sua orientação e, na pequena comunidade columbófila, sentia-se feliz. A sociedade humanófila bem que podia comportar-se da mesma maneira, pensei. Cada indivíduo pode ter sua religião onde encontra abrigo e proteção individual. Naquela comunidade ele se sente feliz rodeado por pessoas que pensam como ele, que tem sua fé dirigida ao mesmo  Deus. Assim veríamos as pessoas indo aos domingos, ou outro dia escolhido, ao seu local de culto ou missa. Não precisaria haver choques de opinião por irem em direções diferentes. Há tanto alimento espiritual em cada igreja e há um campo enorme—a humanidade—onde aplicar sua fé e convicção. E há tanto inimigo comum a ser combatido no gênero humano—o materialismo—que se o mesmo fosse cercado e pelejado por várias frentes seria subjugado; mas essas forças devem ser cooperantes e não beligerantes entre si.

Crédito: Portal Ultradownloads

Penso na religião Cristianismo. Há muitas e variadas denominações sob este teto grandioso. Cada um tem suas peculiaridades e elas acolhem as pessoas que nelas se sentem bem. Todas dirigem sua fé ao eterno e bondoso Deus e procuram viver de modo a aproximar-se dEle e Sua vontade. Todas têm o mesmo código religioso a Bíblia Sagrada, o qual estudam e aplicam a seu discernimento. Esse código contém regras e leis a serem obedecidas e expõe os ensinamentos do Mestre Cristo Jesus. Os Dez Mandamentos, o Sermão do Monte, as parábolas, os exemplos do Mestre e seus discípulos evidenciados em obras de cura e regeneração, são pérolas de sabedoria que bem faríamos em conquistar, e demonstrar que as conhecemos e vivenciamos.

Amar a Deus supremamente e ao próximo como a si mesmo é a regra áurea de nossa religião cristã. Esses mandamentos estão tão repletos de substância espiritual que podem ocupar todo nosso pensamento e nossos interesses e, em assim acontecendo, não sobra neles espaço para divisões, dissensões, ataques a pessoas e organizações adversas–mas não adversárias. O próprio Mestre Jesus encontrou entre seus apóstolos quem não gostasse de que pessoas fora de seu grupo realizassem curas, como se essas obras fossem exclusividade. Jesus refutou essa atitude: “Deixa, pra lá. Quem não é contra nós é por nós” (Marcos 9:40).

Naquele dia as pombas me ensinaram uma bela lição!

“E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele.” Mateus 3: 16

.o0o.

Colaboração de Ovídio Trentini – Panambi -RS | Assistente do Comitê de Publicação da Ciência Cristã | Membro Conselho do Meio Ambiente, Arpa-Fiúza, Rotary, Comitê Rio Ijuí | Membro fundador da Primeira Igreja de Cristo, Cientista, Porto Alegre-RS | Membro de A Igreja Mãe, Boston, MA, EUA |  E-mail: o.e.trentini@express.com.br

Anúncios

Sobre Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS

A Primeira Igreja de Cristo, Cientista Porto Alegre-RS, Brasil, foi fundada em 1957. Tendo sido iniciada décadas antes como um Grupo Informal e mais tarde, uma Sociedade de Ciência Cristã. Ela foi fundada por famílias de alemães, dentre as quais: Schmidt, Holderbaum, Trentini, Bopp, Mutzberg, Young, Klein, Hamman, Knor, Bier, Beier, Wendt, Völker, Fhurmeister, Heckrath, etc... Conheça mais sobre a historicidade no Arquivo Histórico Digital da Ciência Cristã no Brasil: http://sites.google.com/site/arquivocienciacrista/
Galeria | Esta entrada foi publicada em Artigos Colaborativos de Cientistas Cristãos com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s